Que o busto do seu Zizi seja instalado no Mercado Cultural

Cultura - segunda-feira, 29/07/2019 às 16h39min • Atualizado 16h42min
Que o busto do seu Zizi seja instalado no Mercado Cultural

Um gesto de coragem e firmeza do seu Zizi salvou a parte que sobrara do velho mercado que sofreu um incêndio no ano de 1966 de século XX de ser demolida. Já estava tudo armado pelos poderosos para demolir e ali, possivelmente, erguer um edifício ou seja lá o que fosse, soterrando parte da nossa história, da cidade de Porto Velho.

Seu Zizi recebeu primeiro propostas para não permanecer no local, várias, e como não aceitava, começou a sofrer ameaças veladas, mas ele se fez firme, firme na sua resolução, e como o operário da poesia do Vinicius de Moraes, o seu Zizi disse “NÃO”.

Só por esse gesto já merecia o busto – por ter salvo parte da nossa história e que culminou no hoje Mercado Cultural, espaço cultural dos mais importantes da nossa cidade. Mas tem mais. E é nesse “mais” que eu me amarro mais para reivindicar que se faça justiça e se instale em frente o Mercado Cultural o busto do seu Zizi.

Esse “mais” é o seguinte. O ‘Bar do Zizi’ foi durante décadas o ponto do viver coletivo, o ponto cultural, no sentido antropológico, mais importante da cidade de Porto Velho. No “Bar do Zizi’, se encontravam os artistas, jornalistas, políticos, professores, médicos, advogados, todos os profissionais possíveis, e também, o pedinte, o religioso, o ateu, o blefado e o abonado.

O ‘Bar do Zizi’ era o espaço mais democrático da cidade. Onde se discutia de tudo, se sabia de tudo que estava acontecendo e se ouvia mentiras abomináveis com a pessoa jurando ser verdade – normal quando a convivência é com os seres humanos.

No ‘Bar do Zizi’ nasceu ideias de samba-enredo, de shows, de poesias…No ‘Bar do Zizi’ a cidade pulsava, vivia e acontecia. Um verdadeiro centro de convivência de todos os segmentos sociais. O ‘Bar do Zizi’ foi um dos mais importantes estabelecimento cultural que a cidade de Porto Velho já teve.

Diante do dito, o que está faltando para se instalar o busto do seu Zizi em frente ao Mercado Cultural? Precisa-se ir à Câmara de Vereadores? Vamos a Câmara de Vereadores. É preciso ir a Funcultural? Vamos a Funcultural. É preciso ir ao prefeito? Vamos ao prefeito. O objetivo, o foco é um: instalar o busto do seu Zizi em frente ao Mercado Cultural. Vamos a luta!

Obs: Escrevi este artigo a partir de uma postagem, no dia 25 de julho, do Beto Ramos de Oliveira no seu facebook: “Então! Seria interessante no Mercado Cultural, um busto em homenagem ao seu Zizi. Graças a ele e por sua resistência, esse pedaço importante da nossa história ainda existe”.

 

Fonte: Jornalista Dadá -Jornal Rondônia


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email