Homem mata e mantém corpo da namorada por 3 dias em casa

Brasil - sexta-feira, 09/08/2019 às 11h22min
Homem mata e mantém corpo da namorada por 3 dias em casa

Um homem acusado de assassinar a namorada manteve o corpo da vítima dentro de casa durante três dias.

O crime ocorreu em Serra, cidade no litoral do Espírito Santo, a 24 quilômetros da capital do estado, Vitória. Thomás Henrique Damas Neto Sottani, de 25 anos, foi preso nessa quarta-feira (07/08/2019) após confessar o crime na delegacia da região.

De acordo com informações da Polícia Civil, ele agrediu a uruguaia Ellen Geni Gonzales Costa, 29, até a morte. O caso aconteceu na casa em que o casal morava, durante a madrugada dessa segunda-feira (05/08/2019).

Em depoimento, o assassino confessou que ele e a namorada ingeriram uma grande quantidade de bebida alcoólica
durante a tarde do último domingo. Em seguida, Thomás começou a jogar no notebook e, por causa disso, a mulher
teria se sentido rejeitada.

Segundo os investigadores, Thomás foi ficando irritado com o comportamento da mulher e deu um soco forte na vítima, o que fez com que quebrasse a mão. As informações são da titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), Raffaela Almeida. Depois, ele a esganou até a morte, segundo a delegada. “Após cometer o crime, o detido continuou na casa e agiu normalmente”, complementa.

Somente na quarta-feira (07/08/2019) de manhã decidiu se entregar à polícia.

“No dia seguinte ao crime ele foi trabalhar e teve que ir ao hospital, onde constatou que quebrou a mão ao agredir a companheira. Depois de três dias e de ter conversado com o pai sobre o ocorrido, se entregou para a polícia”, contou Raffaela Almeida.

Ellen foi encontrada na residência do casal coberta com um pano. Os agentes informaram que a casa estava revirada,
com sinais de briga. Thomás, por sua vez, alegou que agiu em legítima defesa. Está versão, no entanto, é rejeitada pelos investigadores. Thomás foi levado para o Centro de Detenção Provisória de Viana (CDPV).

Fonte: Metrópoles


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email