Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

‘Todos sabem que o prefeito queria me usar para atender o Garçom’, diz ex-secretário

Política - quinta-feira, 20/08/2020 às 13h37min
‘Todos sabem que o prefeito queria me usar para atender o Garçom’, diz ex-secretário
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

O ex-chefe da Subsecretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho de Porto Velho – SEMDESTUR, Júlio Cesar Siqueira, se manifestou nas redes sociais realizando graves denuncias contra o prefeito Hildon Chaves (PSDB).

A denuncia foi realizada nos comentários de uma transmissão ao vivo realizada pelo prefeito no Facebook durante a realização do Fórum Amazônia +21 realizado em Brasília na manhã desta quarta-feira (19).

De acordo com Júlio Cesar, ele foi nomeado subsecretário a mando do ex-deputado Lindomar Garçom, ainda segundo ele, o seu posto era figurativo e todas as decisões eram tomadas por Garçom, motivo que o levou a sair da pasta.

 

 

“Todos sabem que o prefeito queria me usar para atender Lindomar Garçom através da secretaria, ou seja, Garçom manda e eu assino, por isso saí, isso pra mim não é correto”, afirmou Júlio Cesar.

 

As denuncias continuaram nas redes sociais, o ex-subsecretario ainda afirmou que havia uma pessoa nomeada na gerência da SEMDESTUR que sequer era morador de Porto Velho, apontando uma suposta ação de loteamento dos cargos distribuídos por Chaves.

 

“A ordem do prefeito é que Lindomar Garçom mandasse na secretaria por isso sai, você assinaria por Lindomar Garçom? Outra coisa, Hildon nomeou uma pessoa pra ser gestor da secretaria a mando de Garçom, pessoa essa que nem mora em Porto Velho, não é legal ficar defendendo prefeito que faz esse tipo de coisa”, finalizou Júlio Cesar.

 

 

O loteamento de cargos por indicações politicas foi uma das práticas combatidas por Chaves durante o pleito que o levou a cadeira de prefeito de Porto Velho, na época, Chaves afirmava que sua administração seria ocupada por técnicos em cada função.

 

Minutos após as postagens os comentários foram apagados da página do prefeito, mas o Rondoniaovivo já havia realizado o registro das informações através de print.

 

Esse caso deve ser levado às autoridades competentes.

 

Fonte: Rondoniaovivo
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência