Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2021

Segunda Dose de Dezembro

Pais e Sintero estão preocupados com casos da Covid em escolas de PVH

Notícias - quinta-feira, 18/11/2021 às 13h59min
Pais e Sintero estão preocupados com casos da Covid em escolas de PVH
Foto: Ilustrativa

Segunda Dose de Dezembro

No dia 09 deste mês, a Secretaria Municipal da Educação (Semed) em Porto Velho decidiu suspender as aulas na Escola Meu Pequeno Jones, localizada na Rua Antônio Fonseca, bairro Costa e Silva, zona Norte da capital.

O motivo da suspensão foi em razão de um caso confirmado da Covid-19 em uma professora. Cinco servidores estariam com sintomas e realizaram o teste, porém, apenas uma educadora testou positivo e outra aguarda o resultado.

No outro dia (10/11), foi a vez de oito turmas do 6º ano da Escola Estadual Duque de Caxias, em Porto Velho, terem suas atividades suspensas devido a uma suspeita da doença. A informação foi confirmada pela direção do colégio.

Segundo informações apuradas pelo Rondoniaovivo, uma professora começou apresentar sintomas do coronavírus. A escola então decidiu suspender as quatro turmas matutinas e quatro vespertinas em que ela lecionou, além de mandar a educadora para casa.

Escola Meu Pequeno Jones teve as aulas suspensas por funcionários com sintomas da Covid-19

Sustos

A dona de casa, Érica Cunha, que tem duas crianças (04 e 07 anos) na rede escolar municipal, tem receio delas contraírem a Covid-19 e infectarem a família dela em casa.

“Dizem que as crianças nem sentem os sintomas. Então, é complicado elas infectarem meu marido, que tem problemas de pressão alta. Mesmo com os professores vacinados, é perigoso e temos medo sim. O ideal era logo vacinar as crianças também”, desabafou ela.

Quem também tem receio é a cabelereira Joseane Ferreira, que tem uma menina matriculada no ensino infantil municipal (Broto do Açaí) e um garoto no ensino fundamental em uma escola estadual (Eduardo Lima e Silva), ambas na zona Sul.

“Minha filha tem 08 anos e meu filho, 10. Quando brincam, estão sempre se tocando. Alguma hora elas podem ser infectadas e levarem esse vírus por aí. Não vejo a hora de poder vaciná-las para ficar mais tranquila”.

De olho

Segunda Dose de Dezembro

Uma professora de Língua Portuguesa, que dá aulas na Escola Estadual Duque de Caxias, disse ao Rondoniaovivo que está trabalhando normalmente, apesar das suspeitas de casos na unidade de ensino.

“Contamos apenas com a proteção das vacinas que já tomamos. Pensei até que seria diferente, mas estamos tranquilos. Mesmo trabalhando também com as turmas do 6º ano, que tiveram as aulas suspensas”.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Rondônia (Sintero), Lionilda Simão, afirmou que na terça-feira (16), foi informada de dois novos casos na rede estadual.

“Soubemos da suspeita de infecção de uma servidora do Carmela Dutra e um aluno da João Bento da Costa. Estamos muito preocupados com essa situação, com uma equipe visitando as escolas para verificar os protocolos sanitários”, pontuou ela.

Diretoria da Escola João Bento da Costa informa que aluno do 2º ano do Ensino Médio está com teste positivo para Covid

Respostas

Em um vídeo enviado pela Superintendência Municipal de Comunicação (SMC) da Prefeitura, a secretária municipal de Educação, Gláucia Negreiros, aponta que nenhum aluno foi infectado pela Covid-19 até o momento.

“Somos uma rede com 45 mil alunos, onde voltamos com as atividades presenciais há quase 3 meses. Até o momento, nenhum aluno foi diagnosticado com Covid-19. Entre os 5 mil servidores, já tivemos o registro de apenas seis casos. Foram todos de forma isolada, em escolas diferentes”.

Gláucia ainda explicou quais as ações tomadas quando há a detecção de um caso da doença.

“Fazemos o acompanhamento deste profissional, fazendo a suspensão das aulas presenciais para evitar mais contágio dentro da unidade de ensino. Na unidade em questão [Meu Pequeno Jones], houve um caso confirmado e a suspeita de outros dois profissionais. Suspendemos as atividades presenciais e continuamos com atividades remotas [em casa]. Os protocolos têm sido intensificados para que tenhamos mais segurança”.

Entramos em contato com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), mas até o fechamento desta reportagem, não tivemos nenhum retorno.

Segunda Dose de Dezembro

Fonte: Rondoniaovivo


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência