Domingo, 15 de Dezembro de 2019

Rondônia deve abrir quase duas mil vagas temporárias no final de ano

Concursos e Emprego - sexta-feira, 29/11/2019 às 17h07min
Rondônia deve abrir quase duas mil vagas temporárias no final de ano

Para atender as demandas das festas de final de ano, como Natal e Ano Novo, o número de vagas temporárias abertas para Rondônia deve chegar a 1.875 este ano, segundo um levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio). A sondagem foi feita em 120 empresas espalhadas pelo Estado.

Durante o período de final de ano, as lojas começam a reforçar as equipes para as vendas de Natal e Ano Novo. Em 2018, por exemplo, foram contratadas 1.218 pessoas, ou seja, a previsão é de um aumento de 53%, segundo o levantamento, o que demonstra o otimismo dos empresários em relação as vendas de final de ano.

Segundo a Fecomércio, a estimativa é que cerca de 32% dos empregos temporários se tornem permanentes. Também foi feita uma estimativa de que o comércio deve movimentar cerca de R$ 215 milhões este ano.

Para o presidente da Fecomércio/RO, Gladstone Frota, ainda que a recuperação da economia seja mais lenta do que o esperado, o Norte, e Rondônia em particular, estão mais otimistas do que as outras regiões do País. “Isso deve se refletir num crescimento do consumo nas festas de fim de ano”, disse.

Com a aproximação do final do ano, os lojistas já começaram a preparar as promoções para atrair os clientes e aquecer as vendas ainda mais. Normalmente, os ramos de alimentos, bebidas, roupas, calçados e eletroeletrônicos, são os mais atrativos.

Mas, há expectativa de que os bens de menor valor, como CDs, DVDs, livros e artesanatos ganhem maior destaque e atraiam os olhadores dos consumidores.

Nacional

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a inflação comportada e a melhora no crédito, devem fazer o comércio varejista brasileiro contratar neste fim de ano o maior número de funcionários temporários desde 2013.

A entidade prevê a abertura de 91 mil vagas temporárias para atender ao aumento sazonal das vendas, um avanço de 4% ante os 87,5 mil postos de trabalho temporários criados no mesmo período do ano passado. Já o comércio, deve movimentar R$ 35,9 bilhões em vendas no Natal de 2019, segundo a CNC. A taxa de efetivação dos trabalhadores temporários deve alcançar 26,1%. Ressaltou ainda em nota oficial, que lenta recuperação da economia e, naturalmente do consumo desde o fim da recessão deverá, no entanto, impedir mais uma vez que o varejo promova taxas de efetivação superiores a 30% como costumava ocorrer até 2014.

Fonte: Rondoniagora


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email