Terca-Feira, 25 de Fevereiro de 2020

Sargento atira contra genro ao flagrá-lo no quarto da filha

Brasil - quinta-feira, 23/01/2020 às 17h08min
Sargento atira contra genro ao flagrá-lo no quarto da filha

Uma briga envolvendo dois policiais militares terminou em disparos de arma de fogo e um ferido. O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (22), em Anápolis. Eles, conforme a Polícia Militar (PM), se desentenderam após o sogro, sargento da corporação, flagrar o genro – que é soldado – dormindo no quarto da filha, que também é policial. Os envolvidos estavam de folga no dia do ocorrido. Sargento foi preso.

Consta no boletim de ocorrência que o desentendimento teve início depois que o sargento se deparou com a filha e o genro, ambos soldados, sozinhos no quarto. Ao questionar a mulher sobre o que estariam fazendo no cômodo, a filha alegou que o namorado estaria arrumando a porta do guarda-roupas.

Momentos depois, porém, o sargento percebeu que a porta do quarto estava fechada. O homem, então, pediu para que a esposa verificasse o que estava acontecendo. A mulher, por sua vez, foi até o cômodo e verificou que o genro dormia na cama da filha.

Segundo o relato descrito no registro, o sargento pediu para que o genro se retirasse do local “já que havia falado que não queria o soldado no quarto”. Lê-se na ocorrência que os homens iniciaram uma discussão, momento em que o soldado apareceu com uma arma em mãos e disse: “o senhor acha que só você tem arma?”.

Diante da situação, o sargento sacou uma arma e efetuou dois disparos contra o genro, que foi atingido na região do tórax. Após disparar contra o soldado, o sargento o levou para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). O estado de saúde da vítima é estável e ela não corre risco de morrer.

Prisão

Depois de levar o genro para o hospital, o sargento foi encaminhado por uma equipe da PM à Corregedoria da corporação, onde foi autuado e levado ao presídio militar, em Goiânia.

Em nota, a PM afirmou que as armas foram recolhidas e que ambos os militares irão responder pelos atos praticados.

Nota da PM:

Assessoria de Comunicação Social da PMGO esclarece que na data de ontem (22/01), em Anápolis, em decorrência do desentendimento, em âmbito familiar, dois policiais militares de folga se exaltaram e um deles atirou no outro.

O policial militar ferido foi deixado no HUANA pelo próprio autor para receber atendimento médico, e tem previsão de receber alta ainda hoje.

As armas foram recolhidas, o autor do disparo foi autuado na Corregedoria da PMGO e recolhido ao presídio militar em Goiânia, e ambos responderão pelos atos praticados na forma da lei.

Fonte: News Rondônia


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email