Procon notifica Energisa por aumento na conta de luz e dá 10 dias para empresa se explicar

Brasil - terça-feira, 08/10/2019 às 10h21min • Atualizado 11h04min
Procon notifica Energisa por aumento na conta de luz e dá 10 dias para empresa se explicar
Procon notifica Energisa por aumento na conta de luz e dá 10 dias para empresa se explicar1.jpg

Com pelo menos 80 reclamações diárias só no mês de setembro, o Instituto de Proteção e Defesa ao Consumidor (Procon) notificou a empresa de distribuição de energia do Acre, a Energisa, na manhã desta quarta-feira, 2. As reclamações por parte da população acreana foram unânimes, o aumento desproporcional dos valores cobrados nas contas de energia elétrica.

Segundo o diretor-presidente do órgão de defesa ao consumidor, André Gil, após a entrega da notificação, a empresa terá o prazo máximo de até 10 dias para justificar e esclarecer os reais motivos que levaram ao aumento do valor cobrado nas contas de luz, referentes ao mês anterior.

Procon notifica Energisa por aumento na conta de luz e dá 10 dias para empresa se explicar1.jpg

Procon notifica Energisa por aumento na conta de luz e dá 10 dias para empresa se explicar1.jpg

“As pessoas estão procurando o Procon diariamente e reclamando demais sobre o aumento de energia. Já são mais de duas mil reclamações e nós, enquanto órgão fiscalizador, dentro da sua atuação institucional e competência, fomos até ao prédio da Energisa entregar essa notificação. Ao ser apresentada a defesa, nós vamos analisar a justificativa e finalmente saber o porquê desse aumento que a população tanto tem reclamado”, explicou André.

A equipe do Procon chegou ao estabelecimento por volta das 9h e o documento foi entregue em mãos aos representantes da empresa de distribuição do Acre. Eles se comprometeram a apresentar a justificativa dentro do prazo estabelecido pelo órgão fiscalizador.

Fonte: Folha do Acre


3 Comentários

  1. Jose disse:

    Vamos pra cima pq nos fornecemos e Estamos sendo roubados

  2. Aurélio disse:

    E aqui em Rondônia. Nada… 🙇

  3. Denize Bastiani disse:

    E aqui em Rondônia vai continuar esse preço abusivo que so aumenta a cada mês estamos vivendo na Era da escravidão, espero que alguém faça auguma coisa porque tantos politicos no poder e nao dao conta de cuidar do seu proprio Estado.

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

%d blogueiros gostam disto: