Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021

Polícia registrou mais de mil casos de pessoas desaparecidas em 2.020 em Rondônia

Polícia - terça-feira, 12/01/2021 às 15h21min
Polícia registrou mais de mil casos de pessoas desaparecidas em 2.020 em Rondônia
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Nas delegacias de Porto Velho foram registrados 306 casos de pessoas desaparecidas durante 2.020, de acordo com dados levantados pela delegada titular da 2ª DP, Keity Mota. Já em todo o Estado foram 1.058 casos de desaparecimento. Os dados de quantas foram localizadas ainda não estão disponíveis.

Segunda a delegada, a maioria dos casos são solucionados algum tempo depois do registro oficial. “Alguns familiares vem a delegacia comunicar que encontraram as pessoas. Geralmente quando é algo mais grave, a própria família faz a ocorrência, e quando não vem é porque os casos que no fim se solucionam. Mas quando a família vem e diz que está estranho por causa disso e aquilo, aí vamos atrás”, relata Keity Mota.

A maioria dos casos de desaparecimentos têm relação com algum transtorno psicológico, brigas com familiares ou de menores de idades que vão para casa de amigos ou namorados e os pais registram. Poucos casos são mais graves, de acordo com a delegada.

Quando há registro de desaparecido, o trabalho da Polícia consiste em ouvir familiares ou pessoas próximas. “Quando se registra a ocorrência, nós entramos em contato com a família, perguntamos o que aconteceu e se a pessoa retornou. Na maioria dos casos a pessoa já apareceu e aí os são arquivados. Quando não, ouvimos os familiares, e colhemos mais dados e informações, como por exemplo, se foi embora com o celular ou cartão, para que possa ser rastreado”, explica Keity.

A delegada destaca outros caminhos que podem ser feitos além de procurar a Polícia, quando alguém desaparece: procurarem o Hospital João Paulo II, IML ou Central de Flagrantes, “para saber se houve alguma entrada da pessoa”. Ela também destaca que para fazer o registro de desaparecimento é necessário deixar alguma forma de contato. “É importante quando se registra a ocorrência, deixar telefone de contato, porque facilita para a pessoa e para a gente”, finaliza.

Fonte: Rondoniagora
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência