Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2022

PONTE, SEGUNRANÇA E SAÚDE DO GOVERNO DE RONDÔNIA

Polícia cumpre mandados em operação contra envolvidos em comercialização ilegal de armas e munições

Polícia - sexta-feira, 17/12/2021 às 15h52min
Polícia cumpre mandados em operação contra envolvidos em comercialização ilegal de armas e munições

Banner publicitário das ações do Governo de Rondônia

A Delegacia de Repressão à Lavagem de Dinheiro (DRLD) deflagrou na manhã desta sexta-feira (17), a fase ostensiva da Operação Avaritia, para cumprir 13 medidas cautelares de busca e apreensão em residências e empresas no município de Porto Velho, Buritis e em Manaus (AM).

A ação é resultado da investigação da prática de lavagem de dinheiro proveniente da comercialização ilegal de armas e de munições.

Segundo a Polícia, trata-se de investigação, que decorre de provas colhidas em inquérito policial da DRACO, que descobriu a comercialização ilegal de armas de fogo e de milhares de munições por pelo menos quatro empresas ligadas ao mesmo empresário.

Agora, os policiais civis investigam se houve ocultação ou dissimulação da natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, daquela prática delitiva e as medidas cautelares cumpridas nesta data foram deferidas com esta finalidade.

Segunda Dose de Dezembro

De acordo com a Draco, cálculos preliminares indicaram que 2.184.921 de munições de diversos calibres teriam sido comercializados de forma ilegal ao longo dos últimos anos, fomentando pela via indireta a prática de crimes e o anonimato dos seus autores.

As estimativas iniciais indicam que esta venda ilegal resultou em faturamento na ordem de R$ 5.287.865,35, que, por sua vez, pode também não ter sido regularmente declarado, podem ter ensejado a prática de crimes tributários.

Outros elementos de prova até agora amealhados indicam a realização de negócios jurídicos simulados e utilização de “laranjas” para a ocultação e dissimulação de valores, segundo a Polícia Civil.

A operação contou com o apoio do Departamento de Estratégia e Inteligência – DEI, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado – DRACO – e da Delegacia de Combate à Corrupção – DECOR, além de unidade da Polícia Civil localizadas em Buritis/RO e da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção – DECCOR, do Amazonas.

PONTE, SEGUNRANÇA E SAÚDE DO GOVERNO DE RONDÔNIA

Fonte: Rondoniagora


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência