Jovem com deficiência mental foge de casa e denuncia que era estuprada pelo pai há 12 anos

Polícia - sexta-feira, 04/10/2019 às 08h28min • Atualizado 09h06min
Jovem com deficiência mental foge de casa e denuncia que era estuprada pelo pai há 12 anos

Uma jovem de 25 anos denunciou na tarde desta quinta-feira (03) que vinha sendo estuprada pelo pai desde os 13 anos.

Segundo a ocorrência, a jovem chegou pedindo ajuda em um escritório de advocacia e disse para a recepcionista que o pai a abusava há mais de 10 anos. O caso aconteceu na região Central de Porto Velho (RO).

A Polícia Militar foi acionada e a jovem confirmou os abusos. Os militares foram com a vítima até a casa do pai dela, mas ele não foi localizado. A jovem disse ainda que morava sozinha com o pai e que não tem nenhum outro parente na cidade.

Ela relatou também que toma remédios controlados por ter problemas mentais e que quando saiu de casa pedindo socorro ainda teria sido assaltada, ocasião em que levaram apenas seus documentos pessoais.

Os militares colheram as informações e registraram a ocorrência no DP da área. A jovem foi deixada em uma unidade de
acolhimento do município.

Fonte: Jornal Rondônia - Edição


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email