Condenado a 5 anos de prisão o Agente Penitenciário que atacou médico com soda cáustica

Polícia - quinta-feira, 15/08/2019 às 08h42min • Atualizado 08h43min
Condenado a 5 anos de prisão o Agente Penitenciário que atacou médico com soda cáustica

O agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes foi condenado na noite desta quarta-feira (14) a 5 anos de prisão pela tentativa de homicídio do médico infectologista Gladson Siqueira. O julgamento teve início por volta das 9h na 1ª Vara do Tribunal do Júri em Porto Velho.

Oziel atacou o médico com soda cáustica no estacionamento do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) no dia 6 de março de 2019 e foi condenado por tentativa de homicídio privilegiado (sob o domínio de violenta emoção) qualificado (pelo meio cruel). Ele deve cumprir a pena em regime semiaberto.

Estavam previstas para serem ouvidas oito testemunhas ao longo do dia. Três representantes do Ministério Público de Rondônia (MP-RO) acompanharam o júri popular. O corpo do júri foi formado por quatro homens e três mulheres.

Não foi permitido que a imprensa fizesse imagens do plenário do Tribunal do Júri porque o processo tramita em segredo de justiça.

A defesa de Oziel ainda não se posicionou sobre o caso devido o processo se encontrar em segredo de justiça.

Veja Também: Acusado de atacar médico com soda cáustica vai a julgamento em Porto Velho

Veja Também: Agente penitenciário atacou médico após descobrir traição pelo WhatsApp

Fonte: G1


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email