Quinta-Feira, 16 de Setembro de 2021

Assassino de dono de pet shop e comparsa ainda são procurados pela Polícia

Polícia - terça-feira, 03/08/2021 às 16h54min
Assassino de dono de pet shop e comparsa ainda são procurados pela Polícia
Foto: Divulgação

Os foragidos Gerônimo da Silva Souza, 27 anos, e André Ezequiel de Miranda Junior, 37 anos, continuam sendo procurados por investigadores da Delegacia de Homicídios de Porto Velho, acusados de assassinar a tiros o proprietário de um pet shop Henrique Fernandes Barbosa Silva, 33 anos, na noite do dia 11 de março deste ano, na Rua Jacy Paraná, Bairro Mocambo, na Capital.

Banner publicitário da ampanha de prevenção e combate ao coronavírus VIII - Governo de Rondônia

Coordenados pela delegada Leisaloma Carvalho, os investigadores continuam investigando, e em diligências para localizar e prender os criminosos. Em menos de 24 horas, após o crime, a dupla foi identificada como a autora do assassinato e a justiça decretou a prisão preventiva dos dois.

De acordo com a delegada, Gerônimo teria levado seu cachorro para fazer um tratamento no pet shop do empresário Henrique. Ao ser informado do valor do serviço, ele não gostou do preço e ameaçou a vítima.

Na quinta-feira, armado com uma pistola, o criminoso encontrou o empresário e efetuou vários disparos contra a vítima que estava dentro de um veículo HB20. Henrique não teve chance de defesa e morreu dentro do carro, antes de receber atendimento médico.

Após executar a vítima, Gerônimo fugiu do local com a ajuda do comparsa André, segundo foi apurado nas investigações da Polícia.

No dia 12 de março, dias após o crime, os investigadores foram até os endereços dos envolvidos, mas eles não foram localizados. Na casa de Gerônimo, os policiais encontraram a pistola usada no crime. O pai dele estava no local e foi preso pelo crime de posse ilegal de arma.

Os policiais descobriram ainda, que Gerônimo e André são traficantes conhecidos no bairro onde aconteceu o crime e já foram presos por tráfico se droga.

Qualquer informação que possa levar a Polícia Civil até o paradeiro dos criminosos, pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil. Não precisa se identificar. Fonte: Rondoniagora


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência