Ponto de atendimento para recarga do transporte coletivo terá novo local em Porto Velho

Capital, Notícias - sexta-feira, 04/10/2019 às 08h51min • Atualizado 09h06min
Ponto de atendimento para recarga do transporte coletivo terá novo local em Porto Velho
Ponto de atendimento para recarga do transporte coletivo terá novo local em Porto Velho

O ponto de recarga do cartão do transporte público do Consocio SIM, em Porto Velho, está previsto para mudar de local na próxima sexta-feira (4). Atualmente, o atendimento acontece na Avenida Rogério Weber, das 8h às 17h, e não fecha para o almoço.

Com a mudança, o horário continuará o mesmo, mas acontecerá no prédio que fica localizado na Rua Henrique Dias, 340, Centro, próximo ao Mercado Central.

Nesta quinta-feira (3), estudantes da Universidade Federal de Rondônia (Unir) relataram problemas na hora de recarregar o cartão de transporte.

“Mais cedo alguns estudantes não estavam conseguindo recarregar o cartão no Centro. Os pontos dentro dos bairros não estão mais funcionando, o que está se tornando um problema também”, disse uma aluna que preferiu não se identificar.

Segundo ponto destacado por outro estudante, que também preferiu não se identificar, é o receio de uma nova licitação no transporte público. “Como foi pedido para fazermos recargas mínimas, não se sabe quanto vai precisar para estar recarregando ou não devido a nova licitação dos ônibus. O medo é que ele paralisem totalmente”, relatou.

Consócio Sim
Entramos em contato com o diretor do Consócio Sim, Cézar Rangel, que ressaltou a mudança da logica física na área central. “O funcionamento do sistema está normal. A única coisa que está mudando é o local da venda do crédito para outro prédio. Quem tem crédito usa normal, quem não tem no mesmo local que vende hoje pode ir lá e recarregar. A partir de amanhã, no outro local vai estar vendendo”, afirmou.

Cézar destacou ainda que além do novo local de atendimento, que fica próximo ao Mercado Cultural, mais de 20 pontos, que estão distribuídos na cidade, serão ativados.

“Com a saída dessa empresa, que hoje faz o atendimento, estaremos credenciando os outros pontos nos bairros para fazer o atendimento. Deve ter mais de 20 pontos distribuídos na cidade. Na próxima semana, o mais tardar na outra, a gente já vai estar com o atendimento normalizado”, garantiu.

Sobre a questão da licitação e a quantidade mínima de recarga, o diretor informou que o processo burocrático para a possível saída do Consócio Sim começa no início de dezembro.

“O processo licitatório a princípio para apresentar alguma proposta é em 2 de dezembro a partir daí é que vai ver se aparece algum candidato a assumir o transporte depois disso vai demorar mais tempo para empresa trazer ônibus. Isso vai em média 90 a 120 dias no mínimo para que outra empresa, caso apareça, interessada no processo. Isso é para próximo do meio do ano que vem, caso apareça um empresa interessada”, esclareceu.

Fonte: G1


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email