Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Rondônia celebra Dia Nacional do Turismo e apresenta projetos e ações de incentivo para o setor

Capital, Interior - sábado, 08/05/2021 às 17h13min
Rondônia celebra Dia Nacional do Turismo e apresenta projetos e ações de incentivo para o setor

“Não é preciso sair daqui para conhecer maravilhas”, as palavras do governador Marcos Rocha caem como lição e reforçam o convite ao mundo para conhecer as potencialidades turísticas de Rondônia, exuberantes para quem aprecia e essencial para o desenvolvimento econômico sustentável do Estado.

Neste 8 de maio, em que se comemora o Dia Nacional do Turismo, é importante saber que Rondônia comporta e encerra em seu território um completo e complexo universo turístico, capaz de encantar seu próprio povo e ao mundo por tudo que representa em beleza e em potencialidade econômica, citando que, além dos monumentos históricos, como Forte Príncipe da Beira e a Estrada de Ferro Madeira Mamoré, as Três Caixas D’Água, por exemplo, Rondônia tem arte, cachoeiras, esportes radicais, artes marciais, pesca esportiva, hotéis e outros atrativos turísticos sustentáveis que interessam a todos.

Rico em biodiversidade e sustentável pelo esforço do Poder Público em manter suas condições naturais de preservação, Rondônia se destaca por sua vasta extensão de floresta amazônica – Parque Nacional da Serra da Cutia e o Parque Estadual Guajará-Mirim – por sua beleza natural, marcada por majestosas cachoeiras – Vale das Cachoeiras (Nova União) e em Alto Alegre, cachoeira Ratunde, entre outras que encantam e enchem os olhos dos visitantes pela grandeza do fenômeno natural.

Na rota do turismo rondoniense o exuberante Vale das Cachoeiras, que se soma a tantos monumentos turísticos e históricos do Estado de Rondônia

Para o superintendente estadual de Turismo de Rondônia (Setur), Gilvan Pereira Júnior, mesmo diante das dificuldades geradas pela pandemia, o Governo não parou, e neste dia 8 de maio reforça seu compromisso com o trabalho de resgate e fortalecimento do setor. Neste sentido, tem feito importantes investimentos, reconhecendo a importância do turismo e o que ele representa como atrativo natural para visitas de conhecimento, assim como instrumento estratégico de produção econômica, capaz de gerar renda e movimentar o comércio, a indústria, o transporte e outros aspectos e pontos da economia rondoniense.

O superintendente observou que em 2020 o setor foi positivamente impactado com recursos e ações para preparar o retorno pleno das atividades. Foram implementadas um conjunto de ações de políticas públicas como a construção do Plano Estadual de Turismo e a contratação de empresas com este fim. A equipe da Setur se deteve em estudo e num trabalho minucioso para preparar o projeto da Lei Estadual do Turismo, que já foi encaminhada para a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE) para análise e votação, “de modo que a partir daí vamos ter definitivamente uma lei que vai regular o turismo no Estado”, disse.

PROGRAMAS EM ANDAMENTO

Gilvan Pereira fez uma relação de vários programas de trabalho desenvolvidos ou em execução pela Setur, em andamento, que visam dinamizar, incentivar e fortalecer as iniciativas do setor, a começar pelo Programa Viaja Mais Servidor, um projeto inovador para valorizar e beneficiar o servidor público do estado, com descontos e vantagens exclusivas de parceiros do segmento turístico, com ofertas de agências e operadoras de turismo, possibilitando acesso aos meios de hospedagem, atrativos turísticos, empresas de transportes e clubes de lazer, entre outros benefícios.

Da mesma forma, o Programa Viva Rondônia, que possui linha semelhante, tem o intuito de fortalecer o setor e gerar governança, reunindo uma série de ações para incentivar os eixos do turismo na relação com os municípios envolvidos. Destaque-se que o projeto dos Dez Eixos do Turismo consiste em reunir informações sobre o turismo, com o objetivo de promover o fortalecimento dos produtos do turismo, promoções, eventos, fluxo, infraestrutura, empreendedorismo, capacitação, qualificação e governança, numa ação conjunta com os municípios de aptidão turística ou envolvidos com o setor, inclusive com a formação de conselhos municipais competentes.

Além desses, a Setur trabalha também no Programa de Retomada do Turismo, de incentivo à volta das ações de fomento ao turismo, especialmente no pós pandemia. Também o programa do Famtour que se trata de uma viagem de familiarização feita antes de organizar as excursões que pode te ajudar muito no planejamento das viagens, e ainda, a Hora do Turismo, que é uma campanha publicitária do Ministério do Turismo, organizada pela Setur, para potencializar o mercado turístico com várias iniciativas de divulgação e publicidade.

Fechando a grande agenda comemorativa do Dia Nacional do Turismo, o titular da Setur, apresentou uma série de ações desenvolvidas pela Superintendência com o fim de divulgar e incentivar as iniciativas turísticas do Estado, a exemplo da implantação do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Móvel, dotado de recursos de mídias especializada, guias, etc, Concurso de Fotografia, Feira do Turismo em Artesanato em Porto Velho, Etnoturismo em Cacoal, programa que envolve as comunidades universitária e indígenas da região (alguns povos), Quelônios do Vale do Guaporé, com equipes semelhantes de universitários, para contemplação da desova, eclosão e soltura de quelônios nos rios, tudo isso, além da reforma do Museu Casa de Rondon, no Município de Vilhena, marco zero da cidade e obra que faz reverência à vida e obra do Marechal Rondon.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email

Banner publicitário Doutor Potência