Domingo, 05 de Abril de 2020

Homem de 39 anos morre eletrocutado, “agarrado” a fio energizado na zona rural

Interior - quarta-feira, 12/02/2020 às 15h22min
Homem de 39 anos morre eletrocutado, “agarrado” a fio energizado na zona rural

Uma fatalidade registrada no final da manhã desta terça-feira no Km 04 da Linha 202, zona rural do município de Vale do Paraíso, ceifou a vida do produtor rural Silvano Alves de Oliveira, 39 anos.

Ele sofreu uma descarga elétrica ao tocar em um fio energizado quando cavalgada pelo curral da propriedade onde mora, e morreu no local do fato. Pela maneira que ocorreu o acidente, a vítima pode ter pegado no fio pendurado pensando que ele não estivesse energizado.

Ao tocar no fio, o cavalo que Silvano montava provavelmente sentiu o choque e deu um ‘pialo’ no produtor derrubando-o. Ele morreu eletrocutado, e foi encontrado agarrado ao fio.

A Polícia Militar de Vale do Paraíso foi acionada à propriedade rural, e ao chegar no sítio e constatar a veracidade do fato, os policiais militares acionaram a equipe da Polícia Técnico-científica (Politec) da Polícia Civil de Ji-Paraná.

Como a vítima teve morte instantânea, a equipe da funerária da Associação Vida Nova também foi acionada na propriedade. O corpo de Silvano foi trazido para a cidade de Ouro Preto do Oeste para a realização do exame de corpo de delito, pelo médico legista Ricardo Illvi Ibañes.

O prefeito de Vale do Paraíso Charles Gomes Pinheiro (PSDB), que se encontra em Brasília (DF), lamentou o ocorrido e enviou condolências aos familiares de Silvano, morador pioneiro na Linha 202, que era casado e deixa mulher e um casal de filhos.

O CORPO DE SILVANO FOI TRANSLADADO PARA OURO PRETO DO OESTE PELA FUNERÁRIA DA ASSOCIAÇÃO VIDA NOVA PARA PASSAR PELO MÉDICO LEGISTA. A FAMÍLIA AINDA NÃO INFORMOU SOBRE O VELÓRIO E O HORÁRIO DO SEPULTAMENTO.

Fonte: Rondônia Urgente


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email