Perícia desmente versão que motociclista tenha sido atropelado na Estrada Areia Branca

Fonte: Rondoniagora

Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018 às 15:38

Compartilhar matéria:

A Polícia Criminalística realizou perícia após o acidente que matou o motociclista Isaías Martins da Silva, de 43 anos, na da tarde de terça-feira (14), na Estrada Areia Branca, na Zona Sul de Porto Velho, e descartou que ele tenha sido vítima de atropelamento. Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas contaram aos policiais que o motorista de um carro modelo Parati, de cor branca, colidiu com o veículo na vítima e fugiu do local.

A versão das testemunhas foi mantida na ocorrência policial n° 148211/2018 registrada na Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito, que narra que a guarnição da Polícia Militar foi acionada em virtude de um acidente de trânsito com vítima fatal e, em contato com testemunhas, elas contaram que o motociclista trafegava pela Estrada Areia Branca sentido Rua Itapuã, quando houve a colisão frontal com o carro, que seguia no sentido oposto e tentou ultrapassar uma carreta que estava parada.

O motorista teria fugido sem prestar socorro à vítima e o Samu, quando chegou, apenas constatou a morte. 

A PM isolou a cena do acidente para ser feita a perícia. O perito Domingos Silva, após realizar todos os procedimentos necessários, informou à guarnição que não houve colisão. Disse ainda que Isaias, ao perceber o carro vindo em sua direção, freou, mas caiu e, supostamente morreu porque quebrou a queixeira do capacete ocasionado uma fratura no pescoço.

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99993-4921