Saiba a importância da vacinação contra o sarampo

Fonte: Rondoniagora

Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018 às 12:31

Compartilhar matéria:

O sarampo é uma doença infecciosa e extremamente contagiosa, que pode até mesmo levar à morte. A transmissão ocorre da pessoa doente ao tossir, espirrar, falar ou respirar. A melhor forma de evitar o sarampo é a vacinação, já que não existe um tratamento específico contra a doença. Após cerca de 20 anos, Rondônia registrou casos da doença e antecipou a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) antecipou a campanha de imunização.

Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo em Roraima e no Amazonas. Além disso, o Rio de Janeiro tem dois casos confirmados e 18 em investigação. Outros casos isolados foram identificados nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, mas são pessoas que vieram de outros países ou de estados onde o sarampo foi confirmado. Por isso é importante realizar a vacinação, como explica a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

“É uma doença grave. Nós não podemos relaxar e achar que essa doença pode voltar a acontecer no nosso país. Graças às ações de imunização Nós deixamos de ter casos no território nacional, por isso a necessidade de termos elevadas coberturas vacinais. Todas as crianças devem ser vacinadas porque dessa forma é que nós estaremos protegendo a nossa população”, diz Carla Domingues.

O esquema vacinal contra o sarampo para crianças é de uma dose aos 12 meses - chamada tríplice viral; e outra aos 15 meses de idade - a tetra viral. Preocupada com a saúde dos filhos, a dona de casa Alice Fernandes foi à procura da vacina no primeiro dia da campanha em Porto Velho. “Minha filha tomou a primeira dose e agora vim trazer ela para tomar a segunda, porque isso é muito importante já que existe caso da doença aqui em Porto Velho. Eu já aproveitei e tomei também a vacina porque não adianta minha filha ficar imune e eu não”, diz.

Devem ser vacinadas crianças de um ano a menores de cinco anos. Mesmo que já tenham sido imunizadas, devem fazer o reforço com a vacina tríplice viral e a gotinha.

A partir dos 5 até os 29 anos, a vacina contra o sarampo é administrada em duas doses com intervalo de trinta dias. Em adultos de 30 a 49 anos, será necessário apenas uma dose.

A vacinação acontece em todas as vinte unidades de saúde da área urbana e em 19 do setor rural. É imprescindível a apresentação do cartão de vacina.

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular e corrimento do nariz. Após estes sintomas, geralmente há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99993-4921