FISCALIZAÇÃO – Agentes e delegado apontam a deputado Jesuíno problemas enfrentados em delegacias do interior

Fonte: Assessoria

Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017 às 12:32

Compartilhar matéria:

Em viagem feita ao interior do estado o deputado Jesuíno Boabaid (PMN), aproveitou a oportunidade para fiscalizar alguns órgãos de segurança púbica como delegacias e unidades prisionais. O parlamentar que também é presidente da comissão de segurança publica da ALE-RO esteve nas delegacias de Pimenta Bueno, Cacoal e na Unisp de Rolim de Moura, onde constatou situações precárias que os servidores enfrentam a cada plantão cumprido.

Os problemas mais comuns são falta de água mineral para beber, que em todas as unidades os servidores fazem as famosas “cotinhas”, para não ficarem com sede, acúmulo de materiais apreendidos como: bicicletas, motocicletas, carros e outros objetos, péssimas condições dos banheiros, moveis de escritórios antigos-danificados e falta de ar condicionado.

Em Pimenta Bueno somente um banheiro funciona, o outro está interditado há bastante tempo, pois apresentou problemas de infiltração, entupimento e vazamento. Na mesma delegacia foram encontradas cadeiras danificadas, que podem resultar em problemas de saúde aos servidores.

Na cidade de Cacoal, o problema se repete, banheiro sem as devidas estruturas, além de água mineral que não tem para beber. Cansados de esperarem pelo poder publico, os servidores colocaram um anúncio pedindo ajuda para abastecer o galão. 

Em Rolim de Moura a UNISP também apresenta problemas, dentre eles a falta de espaço suficiente para arquivar processos e outros materiais. A unidade está com o ar condicionado central danificado e os servidores, para amenizarem o calor levam ventiladores de suas casas.

Insatisfeito com as condições vividas pelos servidores, Boabaid garantiu ajuda e vai oficializar os problemas junto ao governo do estado. Segundo parlamentar é uma situação inaceitável, uma vez que o trabalhador quando sai de casa para cumprir sua jornada publica fica sob a responsabilidade do estado então não tem que passar por esse tipo de dificuldade.

“Não é justo que as pessoas que lutam por nossa segurança vivam situações periclitantes como estas; isso não pode tem que mudar. Presenciei uma ocorrência, onde uma jovem que foi víitima de assalto estava tentando relatar o crime sofrido, mas por ser surda, foi um corre-corre em busca de um interprete, já passou da hora de contratar um profissional como este”. Disse Jesuíno. O parlamentar garantiu que as fiscalizações devem continuar, porém sem data e hora definida.

Deputado Jesuino Boabaid se indigna com veto do governo

Deputado Jesuino Boabaid se indigna com veto do governo

Sessão Solene homenageia servidores da SEJUS

Sessão Solene homenageia servidores da SEJUS

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99386-6052